De 02 a 05, de Julho de 2024

Apresentação

XII Seminário Internacional As Redes Educativas e as Tecnologias
XII Seminário Internacional
As Redes Educativas e as Tecnologias

O XII Seminário Internacional “As Redes educativas e as tecnologias: Tissituras de solidariedade e de convivências nos diferentes espaçostempos educativos, é a décima segunda edição do evento bienal que vem estabelecendo diálogos entre pesquisas desenvolvidas no Brasil e no exterior relacionadas as difereentes formas de existência numa sociedade onde todas e todos tenham seus direitos garantidos e mantidos atavés do fortalecimento da democracia e do acesso e permanência aos processos formais de educação.

Questões ligadas ao aprofundamento das formas predatórias do neoliberalismo foram atualizadas ao encontrarem nos discursos dos ultraconservadorismos e do ultraliberalismo um terreno fértil às investidas predatórias, de um modelo econômico movido por lógicas de mercado e pela tônica da economia sobre os demais setores da vida e da sociedade. Neste contexto, a pauta moral, tornou-se útil ao controle das reivindicações sociais e trabalhistas por direitos, bem como à política de controle e manutenção de corpos dóceis, sendo o ódio ao que foge aos modelos de pertencimento uma das armas empunhadas como política. Esse ódio é latente nas práticas de discriminação presentes e constitui-se, de forma mais ou menos visível, em uma sociedade que se ergueu sobre as manchas de dor e sangue do colonialismo, ou seja, sobre a fome do mercado, o braço violador do patriarcado e a engenharia da indiferença do racismo contra negros e indígenas. Tais marcas que ressoaram como pauta das ações políticas expuseram as feridas históricas e sociais, não apenas autorizando e, também, incentivando o ódio que corroeu as relações e os afetos.

Como contraponto de tudo o que estamos vivendo nos últimos anos, precisamos tecer encontros solidários, com práticas de valorização do estarmos juntas e juntos. O XII Seminário Redes será um desses espaços, onde poderemos pensar coletivamente e daremos as mãos uns aos outros, na certeza de que o caminho é sempre feito conjuntamente no caminhar (PAIS, 2003). Entendemos que nas várias redes e aprendizagens culturais que existem e emergem com os praticantes em suas vivências cotidianas circulam outras lógicas, saberes e práticas capazes de alimentar os deslocamentos necessários em tempos de violência se percebidos e visibilizados. Também, os diferentes espaçostempos educativos e as distintas formas de deles nos aproximarmos em dialogarmos através de nossas pesquisas, têm, nessa direção, importante contribuição para pensar a presença e o potencial de práticas e sentido mais solidários e tessituras de convivências mais dialógicas e coletivas. Desse modo, essa edição do seminário busca ampliar esse debate através dos objetivos que seguem nas atividades gerais, nos seus diferentes eixos e propostas.

Coordenação Geral do XII Redes
Alexandra Garcia (UERJ)
Denize Sepulveda (UERJ)
Gustavo Coelho (UERJ)

plugins premium WordPress